Números do IBGE mostram que diferença entre dupla jornada dos dois gêneros aumentou nos últimos dez anos no Brasil

imagem: Movimento Mulher 360

A mulher trabalha cada vez mais que o homem. Não se trata de opinião ou sentimento, é dado estatisticamente comprovado pelo IBGE. Em uma década, a diferença aumentou em mais uma hora.

Em 2004, as mulheres trabalhavam quatro horas a mais que os homens por semana, quando se soma a ocupação remunerada e o que é feito dentro de casa. Em 2014, a dupla jornada feminina passou a ter cinco horas a mais, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), que reúne informações de mais de 150 mil lares

 

E ainda vai ter gente que vai falar quado você conquistar as coisas que foi sorte…

 

Leia mais sobre os resultados da pesquisa aqui nesta matéria do O Globo