“Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição”

Depois de mais de 8 anos com o blog ativo, já vivi altos e baixos motivacionais para manter ele com conteúdo regularmente. Mas desistir não é uma opção!

Caminhando e cantando e seguindo a canção, desistir não é uma opção!

imagem: shutterstock

Nos últimos anos vivi inúmeras mudanças tanto na vida pessoal, quanto na profissional. Em especial nos últimos 2 anos, eu estava trabalhando com foco quase que total em meu trabalho digital. Neste mundo que eu escolhi trabalhar – sim foi um ESCOLHA.

Lá em 2010 quando tudo começou, era só um hobbie mas que eu sempre dediquei muita pesquisa, comprometimento e responsabilidade. O mundo digital, é complexo e é muito fácil se frustrar, pensar em desistir. Os primeiros anos de um blogueiro – ou como dizem hoje um influenciador digital (odeio com as forças esse termo mas enfim), é como se você estivesse em estágio NÃO remunerado.

Vejo hoje em dia que qualquer pessoa sem nem saber o que está fazendo resolve ‘influenciar digitalmente’ as pessoas e monta instablog – sim acham que fazer uma legenda qualquer e ter um instagram é ser ‘blogueiro’, ou montam um canal no YouTube, enfim tudo menos um blog .COM.BR como esse aqui é pois esse dá trabalho, tem que investir grana, e já não dá a mesma visibilidade… ah e pra que estudar, pesquisar, escrever bons textos então??!!… hahaha até parece!

Como dizem as legendas das fotos das influencers do instagram, ‘VAI TER TEXTÃO SIM!’ e se você chegou até esse parágrafo prossiga com a leitura 😉

Não estou apontando o dedo na cara de ninguém, nem julgando – mas dá trabalho demais e é ZERO GLAMOUR aliás tem é pouco tempo, que ser ‘blogueiro, youtuber, instagramer, ou seja lá como a pessoa se intitula dá algum retorno financeiro, e CADÊ O GLAMOUR?? Na real é que na grande maioria das vezes uma VERDADE MAQUIADA!

Quantas vezes eu mesma postei fotos sorrindo em um hotel de alto luxo em algum evento, e estava toda f* com as contas de casa atrasada, e preocupada porque presskit com shampoo não te ajuda a pagar os boletos. Não paga cursos, especializações, compra material para você poder trabalhar e atender de forma descente suas clientes… NÃO SE ILUDA COM TUDO O QUE VÊ NAS REDES!

As pessoas se motivam por mimos, pela ‘ostentação’ dos eventos, presenças VIP, oportunidades de ‘ganhar coisas gratuitamente’ e já começam visando lucro, cada um cada um mas eu sei bem o quanto tive que ralar até ver meio primeiro real proveniente da internet… Leva tempo para começar a ver os motivos ‘financeiros’ para continuar.

Quantas vezes você já pensou em desistir de algo?

Existem muitos motivos que podem nos levar a desistir de algo, e o principal deles é sentir que está difícil demais prosseguir – é aquele momento de replanejar, rever prioridades, dar um reset e começar de novo!

Eu acabo de completar 31 anos, e nossa já vivi tanta coisa nessa vida que acho que já rola escrever uma biografia, ou que minha vida dá uma boa novela ou ao menos uma mini série pro netflix rsrs

  • Você já esteve com vontade de comprar algo mas quando viu o preço achou que nem parcelando em 999mil vezes você iria conseguir comprar?
  • Já teve desejo de comer algo bem gostoso, e quando foi procurar a receita achou muito complicado e comeu uma batatinha murcha de um pacote de salgadinho que já estava aberto mesmo?
  • Desejou muito aquelas férias dos sonhos, pro destino perfeito e tentou economizar mas mesmo assim teve que mudar o destino?
  • Ou já começou algo em que planejou bastante e que mesmo assim não teve o resultado esperado, e você pensou que se f*** vou largar isso pra lá que já estou cansado!

Se você concordou com pelo menos uma dessas frases esse post é mesmo para você!

Você provavelmente como eu precisou rever alguns pontos, para redirecionar seus esforços e energias à fim de se encontrar de novo!

Quando você não estudou, não dedicou tempo, dinheiro e determinação pra realizar algo, você percebe que não tá fácil simplesmente “dá de ombros” e segue em frente! Mas quando você se empenha é difícil dar um passo pra trás, recuar, replanejar, redefinir, ressignificar e deixar seu projetos de lado.

2018 tem sido um divisor de águas pra mim, e é tempo de RECOMEÇAR de um NOVO CICLO

Pra mim foi difícil, doloroso sentir que todo um trabalho de anos não era valioso para as marcas, pois eu enquanto empreendi não tive tempo de me dedicar para as diversas de mídias que surgiam, enquanto eu estava ralando pra conseguir me manter enquanto empresa nesse país, outros estavam tirando onda e criando conteúdo pra internet. Meus parabéns pra quem conseguiu! – eu fali enquanto empresária e flopei enquanto ‘influencer’

O que eu tiro de tudo isso é que por menor que seja o seu público EXISTE alguém ali que se espelha em você, nos seus valores, na sua luta, tem alguém ali juntando dinheiro para comprar aquele produtinho que por ventura você indicou em uma resenha. Alguém que vai parar para ler seu textão, seu vídeo de desabafo, ou simplesmente para te assistir enquanto lava a louça ou indo pegar aquela dica de shampoo pra lavar o cabelo…

Você se torna eternamente responsável pelo o que cativas.

Toda vez que penso em desistir lembro dessa frase, do livro O Pequeno Príncipe, não me importa se vou escrever um texto ou fazer um vídeo trabalhoso e se ele vai ser acompanhado por 10 ou 10.000 pessoas. Eu vou sempre fazer com carinho, dedicação e responsabilidade

Você se torna eternamente responsável pelo o que cativas.

Não deixe que a dificuldade te afaste de algo que deseja, quando você pensar em apertar o CTRL+ALT+F*** como eu pensei em alguns momentos durante esse ano, lembre-se dos motivos que te fizeram começar, torne algo pessoal, prove para si mesma que você estava certa quando deu o primeiro passo.

O blog e minhas redes – seguirei com todas elas mas sem autocobrança, estarei presente nelas dividindo informações enquanto profissional de beleza – que graças a essas doideiras da vida agora efetivamente sou. Mas se eu sumir, e não estiver com a assiduidade de sempre saiba que só tem um motivo ‘BULETOS PRA PAGAR!” hahaha

A vida adulta não é mole não, vou ali… mas já já volto 😉 #AGUARDE