Ano Novo … Dieta Nova! 
Com certeza essa é a promessa de muitas pessoas para o inicio do ano, emagrecer para voltar a usar aquele jeans de 1900 e bolinha roxa! perder aqueles quilinhos a mais adquiridos por conta do stress, correria, noites mal dormidas, lanches e + lanches e a faculdade que enfim acabou… o/ 
Ebaaa 1º post de 2011 … 
Ahh Se você se identificou com algum dos motivos acima… colega bem vinda ao clube 🙂

A algum tempo atrás li algumas dicas no blog da Rejane (Beleza Chic) com algumas dicas e explicações sobre os fitoterápicos  mais utilizados que ajudam na difícil missão de perder o peso indesejado!

1) Chitosan (Quitosana): aglutinador natural de gordura, derivado de crustáceos. Atrai e aglutina as gorduras ingeridas na refeição, antes que sejam absorvidas pelo trato intestinal. Auxilia no controle do colesterol. Deve ser ingerido 30 minutos antes das refeições com 250mL de água. Dosagem recomenda: de 500mg a 1,5g por dia.
     
2) Garcinia Cambogia: o ácido hidrocitrico (AHC) presente na pele desse fruto controla o apetite através de uma maior síntese de glicogênio, ou seja, quando as reservas de glicogênio estão altas, os receptores do açúcar no fígado são estimulados e enviam um sinal de saciedade ao cérebro (sem estimular o sistema nervoso central). Outro processo assenta na capacidade do AHC em estimular a libertação da serotonina, um neurotransmissor vital envolvido no controle do apetite. Trata-se também de um modo completamente natural de alterar a fisiologia do organismo e promover a perda de peso. Dosagem recomendada: 3 cápsulas de 500mg ao dia, ingeridas antes das refeições.   

3) Cavalinha: Por ser muito rica em sílica, a planta sempre foi muito usada para polir metais, substituindo inclusive a atual “palha de aço” na limpeza de panelas e caçarolas. A cavalinha apresenta ainda bons teores de cálcio, ferro, magnésio, tanino e sódio. Na Antiga Roma, o uso de infusões preparadas a partir da cavalinha era bem difundido, especialmente para tratar problemas respiratórios, infecções urinárias e da próstata. Sua fama medicinal atravessou os tempos e, atualmente, são atribuídas à cavalinha propriedades capazes de amenizar dores de cabeça, combater hemorragias e fortalecer as paredes das veias, evitando a formação de depósitos de gordura. Por seu poder remineralizante, o chá de cavalinha tem sido divulgado como um poderoso aliado das mulheres que estão ultrapassando a faixa dos 40 anos, pois ajuda a repor os minerais perdidos, afastando o perigo da osteoporose. Dosagem recomendada: 500mg antes das refeições, 2 vezes ao dia.

4) Fucus vesiculosus: é uma alga marinha de ação laxativa e antiácida. O fucus vesiculosus atua como estimulante da glândula tireóide, sendo indicado para o tratamento da obesidade e hipotireoidismo. Estas propriedades devem-se ao alto poder de fixação do iodo do mar por estas algas.  Dosagem recomendada: 1 a 1,5g ao dia. 

5) Centella Asiática: O chá de Centella asiatica é normalizador da circulação, vasodilatador, calmante, câimbras, refrescante, anticelulítico e preventivo de rugas. É estimulante e diurético, atua no tratamento de dermatoses, eczemas, reumatismo, rachaduras da pele, varizes, psoríase, gordura localizada, pernas pesadas e doloridas, além de estimular a produção de colágeno. Recomendação do chá: Colocar em infusão, em um litro de água fervente, 2 colheres de sopa da erva, e deixe levantar fervura. Desligue o fogo e abafe por dez minutos.  Beber até 3 vezes ao dia. Em cápsulas deve ser ingerido até 500mg após as refeições.

6) Chá verde: é considerado termogênico, ou seja, acelera o metabolismo, ajudando a queimar a gordura corporal. Além de melhorar a qualidade de vida no processo de envelhecimento, o Chá Verde combate o estresse, auxilia no tratamento do colesterol e inibe os níveis de leptina no sangue – enzima que favorece a absorção de gordura –, portanto age como um importante coadjuvante no emagrecimento. Recomendação do chá: Coloque 2 colheres de sopa de erva para um litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, é só coar e beber. Beber até 4 xícaras ao dia, e antes das 16h.  Em cápsulas o recomendado é de 350mg 3 vezes ao dia.

7) Spirulina: é um tipo de alga que cresce em águas alcalinas ricas em minerais. Contém clorofila A, carotenóides e pigmentos azuis. É uma das maiores fontes vegetais de vitaminas B12 (esta vitamina evita transtornos no sistema nervoso e anemia provocada por uma dieta vegetariana desbalanceada). 
Seu principal efeito é desintoxicar o organismo devido às impurezas provenientes de uma má alimentação. Atua como supressor de apetite devido à presença relativamente alta de fenilalanina, que atua sobre o centro do apetite. Quando ingerida com o estômago vazio reveste sua parede, produzindo uma sensação de plenitude gástrica e saciedade, auxiliando na obesidade proporcionando um suave emagrecimento sem perdas nutricionais. Importante na dieta dos atletas, evita câimbras e fadiga muscular, repondo cálcio, vitaminas c sais minerais.  Dosagem recomendada: Cápsulas de 500mg, 20 minutos antes do almoço e do jantar, com 250mL de água.

8) Cascara Sagrada: O Chá de Cáscara Sagrada começou a ser utilizada pelos índios da América antes da colonização no século XVI como purgativa e tônica chegando somente no final do século XIX na Europa.  É indicada no tratamento da obesidade e do diabetes, além de ser usado como digestivo, depurativo, diurético, laxativo, em problemas de prisão de ventre, bílis e no baço. Recomendação para o chá: Lavar bem as cascas. Usar uma colher de sopa para um litro de água quente. Ferver por 5 minutos. Após esfriar, pode ficar na geladeira.  Beber até 3 xícaras ao dia. Em caso de cápsulas, 500mg ao dia.

9) Oliveira: Considerado 300% mais poderoso que o chá verde, as folhas da árvore da azeitona possuem quase o quádruplo de potássio, magnésio, manganês, fósforo, selênio, cobre e zinco. O chá das Folhas de Oliveira tem sido usado desde os tempos antigos com propósitos medicinais, e novas pesquisas mostram que tem propriedades antibacterianas, antiinflamatórias, antioxidantes, colesterol, hipertensão e radicais livres. Estudos indicam que o consumo desse chá pode reduzir até 6Kg por mês.  Recomendação do chá: 3 colheres/sopa de erva para um litro de água quando a água alcançar fervura desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida é só coar e beber. Beber até 4 xícaras por dia.

10) Abacateiro: O chá da folha do abacateiro é diurético e carminativo (elimina gases intestinais) e ajuda a vesícula a liberar a bile, melhorando a digestão das gorduras, o ácido úrico, os distúrbios da digestão,  além de estomatite, estresse, gota, hepatite, hipertensão, inchaço dos pés, indigestão, reumatismo, infecções dos rins e ajuda, também, a regularizar o fluxo menstrual. Recomendação do chá: Coloque 2 colheres de sopa de erva seca (para evitar palpitações cardíacas) para um litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue-a. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, é só coar e beber. Beber até 3 xícaras ao dia. Em caso de cápsulas o recomendado é 1g do extrato seco ao dia.  

Lembrando que é sempre bom antes de iniciar alguma dieta é bom procurar o auxílio de um médico para acompanhamento
E lembrando também que ….

Bjkas